Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Em Português Correcto

Blog interactivo onde se pretende dar resposta a questões sobre o português falado e/ ou escrito

Polo ou pólo?

nova-gente-54339-noticia-curiosidades-natalicias-n

 Segundo o Acordo Ortográfico de 1990 (AO), atualmente em vigor em Portugal, onde morará o Pai Natal?

 

a) No polo norte.

b) No pólo norte.

 

A resposta certa é a da alínea a). O AO de 1990 estabelece que se deixem de acentuar as palavras homógrafas, isto é, palavras que se escrevem da mesma maneira, mas que se leem de forma diferente, passando a ser diferenciadas apenas pelo contexto. É o caso de "polo" que levava acento agudo para se diferenciar de "polo", uma preposição antiga que caiu em desuso.

Se este caso é pacífico e a ausência de acentuação não causa transtornos, o mesmo não acontece com outros pares de palavras, como por exemplo  para (verbo) / para (preposição), que nem sempre são fáceis de distinguir através do contexto, como no exemplo:

- Ele para para comer. (depois do acordo) = Ele pára para comer. (antes do acordo)

 

Caso ainda não tenha aderido ao AO de 1990, pode continuar a escrever "pólo".

 

Imagem daqui

Massapão ou maçapão?

Bolo-de-Frutas-Cristalizadas-com-Massapão.jpgQual é a frase correta?

 

a) O bolo foi decorado com maçapão.

b) O bolo foi decorado com massapão.

 

Na verdade as duas formas coexistem e são consideradas por vários dicionários como sinónimas. Alguns especialistas, no entanto, entendem que a forma preferencial será "maçapão", uma vez que esta palavra terá chegado à nossa língua a partir da forma espanhola "mazapán" e, geralmente, as palavras que em espanhol têm um "z" em português levam um "ç" (ver este artigo do Ciberdúvidas) e este do Flip.

Assim, pode-se escrever:

- O bolo foi decorado com maçapão

ou

- O bolo foi decorado com massapão. 

 

Imagem daqui.

Filhós, Filhoses ou Filhozes?

1b454be8f83e10cd3c6ac129e2360326a_filhos natal.JPG

 Na sequência do artigo anterior, hoje a pergunta é: qual é a forma correta do plural?

a) Vou comer umas filhós;

b) Vou comer umas filhozes;

c) Vou comer umas filhoses;

 

Neste caso, as alíneas a) e c) podem ser consideradas corretas. Como referimos no artigo anterior, são admitidas no singular as formas "filhó" e "filhós" e, consequentemente, no plural, podem ser admitidas as formas "filhós" e "filhoses". Assim, podemos dizer:

- Uma filhó/ duas filhós

- Uma filhós/ duas filhoses

 

Resumindo:

- filhó (singular) - filhós (plural)*

- filhós (singular) - filhoses (plural)

 

*Nota: alguns especialistas apenas admitem estas duas formas e recomendam-nas como sendo as corretas.

 

Imagem daqui

Fontes:

https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/filho-filhos-e-filhoses/4686

http://porticodalinguaportuguesa.pt/index.php/dicionarios/dificuldades-da-lingua-portuguesa/item/filhos-ou-filho

 

 

Filhó ou Filhós?

Filhós-de-Joelho-Beiras.jpg

 Na minha infância, no Natal, nunca faltava este doce típico. Qual é o seu nome correto?

a) a filhós;

b) a filhó;

c) as duas formas anteriores estão corretas.

 

A resposta correta é a da alínea c). Embora nem todos os especialistas estejam de acordo quanto a este tema, recomendando apenas a forma "filhó, são vários os dicionários que admitem as duas formas, podendo dizer-se:

- Vou comer uma filhó;

- Vou comer uma filhós.

 

Imagem daqui 

Fontes:

http://porticodalinguaportuguesa.pt/index.php/dicionarios/dificuldades-da-lingua-portuguesa/item/filhos-ou-filho

https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/filho-filhos-e-filhoses/4686

 

Contrato ou Contracto?

stock-vector-hands-holding-sheet-of-paper-with-tex

 Qual a forma correta?

 

a) Ainda não assinei o contrato.

b) Ainda não assinei o contracto.

 

A forma correta é a da alínea a). Independentemente do acordo ortográfico a palavra "contrato", segundo a Infopédia, provém do latim contractu-, que significa, «contrato; transação» e trata-se, entre outros sentidos, de um "acordo pelo qual duas ou mais pessoas se obrigam a cumprir os vários pontos estabelecidos por esse acordo, que podem incluir a cedência de poderes ou a observância de certas obrigações".  

A forma "contracto" também existe e, segundo a mesma fonte, é um adjetivo que vem do latim contractu-, particípio passado de contrahĕre, «contrair» e significa "que sofreu contraçãocontraído". Com o acordo ortográfico também se  pode escrever "contrato".

 

Assim, deve dizer:

- Ainda não assinei o contrato.

 

Fontes:

contrato in Dicionário infopédia da Língua Portuguesa com Acordo Ortográfico [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2017. [consult. 2017-12-04 10:53:54]. Disponível na Internet: 

Cidrada ou Siderada

noticias.png

 

Como se deve dizer?

 

a) Fiquei cidrada ao ler a notícia.

b) Fiquei siderada ao ler a notícia.

 

A resposta correta é "siderada". Este adjetivo serve para caracterizar alguém que fica sem reação, pasmado, perplexo,  ou paralisado devido a alguma coisa ou acontecimento.

Não deve ser confundido com "cidrada", que designa um doce feito de cidra (fruto da cidreira, não confundir com sidra).

 

Assim, deve-se dizer:

 

- Fiquei siderada quando soube da notícia.

 

Plural de cd

Qual a forma correta?

 

a) Vou comprar uns cds.

b) Vou comprar uns CD.

c) Vou comprar uns CD's.

 

c013003d-d7cb-4a95-9ec0-2faa989fd109.jpg._CB294850

A forma correta é a da alínea b). CD é a sigla de compact disc (disco compacto) e, segundo as regras, as siglas não têm plural. É através dos determinantes (palavras que colocamos antes dos nomes) que indicamos se se trata de singular ou plural. Por isso dizemos os PALOP, as ONG e os CD. 

Assim, devemos dizer:

Vou comprar uns CD.

 

 

Carrossel ou Carrocel

carrossel-mecânico-do-brinquedo-do-vintage-428243

 

Há quem diga que a vida é:

 

a) um carrossel

b) um carrocel

c) as duas hipóteses anteriores estão certas.

 

A forma correta é a a). Carrossel escreve-se com dois "s" em português. Trata-se de uma adaptação da palavra francesa "carrousel" que sofreu uma duplicação do "s" para que se pudesse manter o som /s/, uma vez que o "s" entre vogais lê-se /z/.

 

Fontes: Tavares, Sandra Duarte, 500 erros mais comuns da Língua Portuguesa, 5.ª ed., Esfera dos Livros.

Imagem daqui.