Blogue interativo onde se pretende responder a perguntas frequentes de Língua Portuguesa.

Envie dúvidas para:

portuguescorrecto@gmail.com

Este blogue recomenda:

Pontapés na Gramática - www.wook.pt

Ligações

Parcerias

arquivos

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Outubro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Março 2012

Janeiro 2012

Agosto 2011

Janeiro 2011

Julho 2010

Fevereiro 2010

Agosto 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

blogs SAPO

subscrever feeds

Quarta-feira, 5 de Março de 2014

Enfeixar-se ou enfaixar-se?

 

Qual a forma correta?

 

a) o carro enfeixou-se de frente num camião

b) O carro enfaixou-se de frente num camião.

 

A forma correta é a b). Segundo o dicionário online Priberam, enfaixar tem dois sentidos: "envolver em faixa" ou "colidir com veículo ou obstáculo". Já "enfeixar" significa "atar em feixe", "reunir", "embrulhar".

Por isso a frase correta é 

 

O carro enfaixou-se de frente num camião.

 

Fontes:

http://www.priberam.pt/DLPO/enfeixar

http://www.priberam.pt/DLPO/enfaixar

http://www.jn.pt/paginainicial/interior.aspx?content_id=1303559#AreaComentarios

publicado por PN às 22:30

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Domingo, 9 de Fevereiro de 2014

Andar ou andarem (o infinitivo impessoal e pessoal)

 

 

Qual a frase correta?

 

a) A chuva forte que caía obrigava as pessoas a andarem com cuidado.

b) A chuva forte que caía obrigava as pessoas a andar com cuidado.

 

A frase correta é a a), de acordo com a seguinte regra:

 

- Se o infinitivo apresenta o mesmo sujeito da oração anterior, não se flexiona.

 

Neste caso, o sujeito da primeira oração (chuva) e o da segunda (as pessoas) são diferentes, por isso deve usar-se o infinitivo pessoal.

 

- A chuva forte que caía obrigava as pessoas a andarem com cuidado.

 

publicado por PN às 23:00

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sábado, 8 de Fevereiro de 2014

Apesar de a ou Apesar da

 

 

 

Qual a frase correta?

 

- Apesar de a janela estar fechada, continuo com frio.
ou
- Apesar da janela estar fechada, continuo com frio.
A construção correta, neste caso, é “de a”.
Quando a seguir à preposição “de” se encontra uma forma verbal no infinitivo, não se contrai a preposição com o artigo, ou seja, o “de” e o “a” mantém-se independentes.
Assim, escreve-se:
 
     - Apesar de a janela estar fechada, continuo com frio.
 
Mas se não houver um verbo no infinitivo, já se pode fazer a contração, ou seja, o “de” junta-se ao “a”.
Exemplo:
 
- Apesar da aragem que vem da janela, continuo com calor.
O mesmo acontece com a contração da preposição "de" com pronomes:

Ex. Apesar de ele ter estudado muito, teve negativa no teste.

 

Estas regras aplicam-se também às contrações das preposições: em e por.

 

(Este artigo foi originalmente publicado em maio de 2009)

 

publicado por PN às 00:01

link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Sexta-feira, 3 de Janeiro de 2014

Boas festas ou Boas-festas?

Qual a frase correta?

 

a) Boas-festas!
b) Quero desejar-vos a continuação de boas-festas.

 

A frase b) está correta. Segundo o dicionário Priberam, "boas-festas" designa o "Cumprimento feito pelo Natal e pelo Ano Novo", ou seja, é o nome que se dá a esse cumprimento, quando o empregamos em expressões como:

 

- Enviei-te um cartão de boas-festas.

- Nesta época é costume desejar-se boas-festas.

 

Contudo, quando expressamos diretamente o nosso desejo, não devemos usar o hífen:

 

- Boas festas!

 

O mesmo acontece com outras expressões como bom-dia/bom dia:

 

- Bom dia, Miguel.

- O bom-dia do Miguel é inconfundível, não achas?

 

Desejo-vos a continuação de boas-festas. Boas-festas a todos!

 

 

Fontes:

"boas-festas", in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, http://www.priberam.pt/DLPO/boas-festas [consultado em 02-01-2014].
http://www.ciberduvidas.com/pergunta.php?id=16615
Imagem daqui
publicado por PN às 15:26

link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Quarta-feira, 25 de Dezembro de 2013

Plural de pai natal

 

Qual é o plural de pai natal?

 

a) pais natal

b) pais natais

 

A resposta correta é a b). Ao contrário do que se ouve por aí, o plural de pai natal é pais natais, porque neste caso "natal" é um adjetivo e como tal concorda com o nome "pai".

Assim, devemos dizer:

 

- Vou participar numa corrida de pais natais.

 

Já agora desejo-lhes um bom Natal e boas festas. 

 

Fontes:

Bom Português, Porto Editora, 2009.

http://www.ciberduvidas.com/pergunta.php?id=10233

http://bellsblog.wordpress.com/2008/12/14/pai-natal-ou-pais-natais-revisited/

http://giganteegoista.blogspot.pt/2009/12/o-plural-de-pai-natal-e-pais-natais.html

http://www.portoeditora.pt/espacolinguaportuguesa/duvidas-da-lingua-portuguesa/detalhe-duvidas-lp/ver/pais-natais-ou-pais-natal-?id=5324&langid=1

 

Imagem daqui

 

publicado por PN às 18:05

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 17 de Dezembro de 2013

Coco ou côco?

 

Qual a embalagem de sabonete que contém a palavra corretamente escrita?

 

 

imagem A                                                           imagem B

 

 

A imagem B é que apresenta a palavra correta. A palavra "coco" não tem qualquer acento gráfico, como acontece com as palavras graves (ou paroxítonas) terminadas em "o".

Não esqueça:

 


 

 

publicado por PN às 13:29

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sábado, 5 de Outubro de 2013

Obrigada

Obrigada por me visitarem. Neste momento o meu blogue conseguiu entrar no top 10 dos blogues mais visitados em Portugal. Estou muito feliz porque é um sinal de que o meu trabalho não tem sido em vão e, na medida do possível, irei continuar a esclarecer as vossas dúvidas e encetar novos projetos de forma a irem ao encontro das vossas necessidades. Vão passando por aqui, pois em breve terei novidades.

 

 

Fonte: Blogómetro

publicado por PN às 16:29

link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Quinta-feira, 29 de Agosto de 2013

A moral ou o moral



Qual é a forma correta de completar a frase?

- Após duas vitórias da equipa, _____________ dos adeptos está em alta.

a) a moral

b) o mural
c) o moral


A forma correta é "o moral".

O substantivo (ou nome) "moral" pode ter dois sentidos e dois géneros.

No masculino (o moral) está relacionado com o estado de espírito sendo sinónimo de "ânimo" e "disposição". 

No feminino (a moral) significa o "conjunto dos princípios e valores morais de conduta do homem", os "bons costumes", "o conjunto de regras e princípios que regem determinado grupo". É também feminina a expressão "a moral da história" quando nos referimos ao ensinamento que se pode retirar de um texto.

Assim:

 

- Após duas vitórias da equipa, o moral dos adeptos está em alta.

- Ele defende a moral e os bons costumes a todo o custo.

- Qual é a moral dessa história?

 

É fácil, é só fixar:

 

 

 

Veja também a diferença entre o moral e o mural. Consulte o artigo aqui.


Fontes:


Imagem daqui

Dicionário Priberam da Língua Portuguesa

publicado por PN às 14:46

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 13 de Agosto de 2013

Ovelha ranhosa ou ovelha ronhosa?

 

Qual a frase correta?

 

a) Ele é a ovelha ranhosa da família.

b) Ele é a ovelha ronhosa da família.

 

A frase correta é a b). Deve-se usar a expressão ovelha ronhosa quando se pretende designar alguém que não é bem aceite por um grupo ou família. Ronhosa vem da palavra "ronha", uma doença, espécie de sarna que ataca alguns animais. Assim se entende a expressão, pois ninguém quer estar ao pé de uma ovelha com uma doença contagiosa.

Por isso, a não ser que a ovelha esteja constipada, a expressão ovelha ranhosa está incorreta.


Fontes:

http://www.ciberduvidas.com/pergunta.php?id=2947

imagem daqui

publicado por PN às 20:17

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Domingo, 4 de Agosto de 2013

Despender ou dispender?


Qual a frase correta?

a) Não posso dispender muito tempo com esse assunto.

 

b) Não posso despender muito tempo com esse assunto.

 

A frase correta é a b). 

O verbo despender (que significa “gastar”, “empregar”, “desembolsar”) escreve-se com “e” e não com “i”.
Mas atenção que dispêndio (gasto, despesa) e dispendioso escrevem-se com "i".

Exemplos:
- Para consertar o carro teria de despender muito dinheiro.
- O conserto do carro é muito dispendioso.
- Consertar o carro exigiria um grande dispêndio de tempo e de dinheiro.

Tome nota:

Fontes:

imagem daqui
publicado por PN às 23:59

link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

pesquisar

 

tema

"de forma que” ou “de forma a que”

"façamos" e "possamos" (pronúncia de)

à

à bocado ou há bocado; à pouco ou há pou

a cerca de

à falta de/ há falta de

a fim ou afim

a herpes ou o herpes

á ou há

à parte ou aparte

à pouco ou há pouco

a ver ou haver

à vontade ou à-vontade

à/há/a

abreviaturas

abstenção ou abstinência

acerca de

acerto ou asserto

acessibilidade ou acesso

acordo ortográfico

açoreano ou açoriano

adesão ou aderência

adjectivos

adn ou dna

ah

album ou álbum

alcoolemia ou alcoolémia

aldeão (plural de)

aluga-se ou alugam-se

alugar ou arrendar

amaríssimo

analisar ou analizar

andar ou andarem (infinitivo impessoal o

anteontem ou antes de ontem

antes de mais ou antes demais

aonde ou onde

apesar de a ou apesar da

apetência ou aptidão

aprender e apreender

apresentar-se-à ou apresentar-se-á

arrolhar ou arrulhar

ás ou às

assoar ou assuar

atractivo ou atraente

atraem ou atraiem

aula de inglês em natal

bêbado ou bêbedo

bem haja/ bem aja/ bem hajam

benvindo/ bem-vindo

bilião

blogómetro; top 10

boas festas ou boas-festas

bocal ou bucal

bolçar ou bolsar

ç

c

caber ou couber

caem ou caiem

calçar ou vestir luvas

cartuxo ou cartucho

cérbero ou cérebro

cerrar ou serrar

chamar a/ à atenção

cheque ou xeque

círculo ou ciclo vicioso

climático ou climatérico

clínico geral (feminino de)

cobarde ou covarde

côco ou coco

com nós ou connosco

com ou sem "h"

concertar ou consertar

concerteza ou com certeza

concerto ou conserto

concordância com "o número de"

conjugação pronominal

consolado ou consulado

consolar ou consular

convidamo-vos ou convidamos-vos

cor ou côr

corrector ou corretor

costear ou custear

costeleta ou costoleta

cota ou quota

currículo ou curriculum

de que

de repente ou derrepente

decerto/ de certo

decorrer ou decorrimento

defenida ou definida

deferir ou diferir

degradado ou degredado

demais ou de mais

desapercebido ou despercebido

desfolhar ou folhear

desfrutar ou disfrutar

desmentimento ou desmentido

pronomes

tacha ou taxa

ter de ou ter que

todas as tags