Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Em Português Correcto

Blog interactivo onde se pretende dar resposta a questões sobre o português falado e/ ou escrito

Rubrica ou rúbrica?

Quer se trate de um nome, quer se trate de um verbo, a palavra correcta é rubrica, sem qualquer acentuação.

Trata-se de uma palavra grave e por isso devemos pronunciar /rubríca/ e não /rúbrica/.

Assim:

Rubrica

Rúbrica

Vós ou vocês?

«Qual é a forma correcta:

 
"Vós ides à praia..."
ou
"Vocês vão à praia?" »

 

«Deverá dizer-se: "Não deixem morrer o bom português" ou "não deixeis morrer o bom português?" »

 

Cada vez mais a forma de tratamento "vós" é menos utilizada tendo sido substituída por "vocês". Nenhuma das forma está errada, o uso do "vocês" em detrimento do "vós" é uma questão da evolução da língua. Ora, convém é sabermos fazer o acordo de cada uma das expressões com a forma verbal adequada.

Assim, para o verbo concordar com o pronome "vós", devemos conjugá-lo na segunda pessoa do plural:

«Vós ides»  / «Não deixeis (vós)...»

Já quando de trata de "vocês", devemos colocar o verbo na terceira pessoa do plural:

«Vocês vão...» / «Não deixem (vocês)...»

Suspenso ou suspendido?

«Quando um treinador quer pôr um jogador de fora, como diz:

Foste suspenso?

Foste suspendido

 

Já anteriormente tive ocasião de fazer um artigo sobre os verbos que têm dois particípios passados (Ter morto ou ter matado?). Quando isto acontece, usamos a forma regular com os verbos ter e haver e a forma irregular com os verbos ser e estar.

No caso do verbo suspender, a forma regular é "suspendido" e a irregular é "suspenso", logo a resposta à questão acima transcrita é:

Foste suspenso.

 

Mas diríamos:

O treinador tinha suspendido o jogador.

Alugar ou arrendar uma casa?

«Diz-se arrendar uma casa ou alugar uma casa? »

 

Os dicionários indicam-nos os termos arrendar e alugar como sinónimos, no entanto, é feita uma distinção. Devemos utilizar o termo alugar quando se trata da locação de bens móveis (ex. um automóvel) e arrendar quando se trata de bens imóveis (ex. uma casa).

Esta distinção aparece-nos referida em vários dicionários. Por exemplo, no Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora publicado em 1952, o termo arrendar surge-nos como "dar ou tomar um prédio de renda", enquanto que alugar  surgia como "dar de aluguer", sendo o termo aluguer definido como "aquisição ou cessão de um objecto ou serviço por tempo e preço determinado".

Também no Código Civil, no artigo 1023, é mantida a mesma distinção: «A locação diz-se arrendamento quando versa sobre coisa imóvel, aluguer quando incide sobre coisa móvel.»

 

Assim, seguindo estas regras, deveríamos dizer "arrendar uma casa", até porque dizemos que pagamos uma "renda". 

A música que se ouve ou a música que ouve-se?

O pronome reflexo "se" quando inserido numa frase subordinada, neste caso introduzida por que, deve aparecer antes do verbo, assim deve dizer-se e escrever-se:

 

A música que se ouve aqui.

Feminino de "clínico geral"

Clínico geral é uma forma abreviada de designar um médico de clínica geral. Por isso, o feminino é médica de clínica geral.

Feminino de músico

O músico toca muito bem.

 

Como colocamos esta frase no feminino? Pois bem, nada mais simples. O feminino de músico é música.

 

A música toca muito bem.

 

Realmente não estamos muito habituados a usar a palavra música enquanto profissão, mas para além de designar a melodia executada, também serve para designar a mulher que a executa.

Climático ou climatérico

«Condições climáticas

ou

Condições climatéricas

 

Embora climático e climatérico sejam considerados, por alguns dicionários, adjectivos sinónimos, é preferível optar-se pelo termo "climático" para nos referirmos ao clima. Não devemos usar "climatérico" pelas seguintes razões:

1) o adjectivo climatérico é um galicismo (termo adoptado por influência do francês).

3) Existem termos em português que definem as condições atmosféricas momentâneas, às quais geralmente se querem referir aqueles que o usam. Neste caso é aconselhável o uso de "estado da atmosfera" "estado do tempo" ou "condições atmosféricas".

2) existe o adjectivo climactérico, ligado ao nome climatério que designa a fase anterior à menopausa na mulher;

 


Assim, devemos dizer:

condições climáticas.

Inoperável ou inoperante?

«As máquinas encontram-se inoperáveis ou inoperantes?»

 

Inoperáveis é a opção correcta, uma vez que este adjectivo tem o significado de algo que não se pode utilizar, enquanto que inoperante é algo que é ineficaz.

"Antes de mais" ou "antes demais"?

Antes de mais, quero apresentar-me...

Antes demais, quero apresentar-me...

Qual a forma correcta?

 

Tal como já foi referido aqui, a palavra "demais" tem apenas o sentido de "além disso" ou "os outros", logo a expressão correcta a usar será " antes de mais"

 

Antes demais

Antes de mais

 

Também devemos usar "antes de mais" no ditado popular:

 

"Antes de mais do que de menos"

Pág. 1/3