Blogue interativo onde se pretende responder a perguntas frequentes de Língua Portuguesa.

Envie dúvidas para:

portuguescorrecto@gmail.com

Este blogue recomenda:

Pontapés na Gramática - www.wook.pt

Ligações

Parcerias

arquivos

Junho 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Outubro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Março 2012

Janeiro 2012

Agosto 2011

Janeiro 2011

Julho 2010

Fevereiro 2010

Agosto 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

blogs SAPO

subscrever feeds

Quinta-feira, 31 de Maio de 2007

Demais ou de mais?

a) De mais significa "a mais". É uma locução adverbial que exprime "quantidade". Opõe-se a "de menos".

Ex. 

O café tem açúcar de mais para o meu gosto.

 

 

b) Demais pode ser um advérbio de intensidade com o sentido de "excessivamente", "demasiadamente".

 

Ex. O João dorme demais.

 

 

Pode também significar:

 

1. além disso, de resto

 

Ex. Chega de conversas; demais, dói-me a cabeça

 

2. os outros, os restantes

 

Ex. A Maria e os demais alunos não tiveram aulas.

 

 

Fonte:

http://www.ciberduvidas.com/pelourinho.php?rid=874      

publicado por PN às 00:11

link do post | comentar | favorito
25 comentários:
De Lucas Veloso a 27 de Julho de 2010 às 02:22
Isso foi muito útil para mim. Vou utilizar DE MAIS essa ajuda.

Abraço!
De Taianne a 16 de Outubro de 2012 às 20:28
No caso, você irá usar em excesso. Não seria junto? Tente substituir por "de menos" não faz sentido.
De Jackson a 23 de Fevereiro de 2013 às 16:06
Concordo Plenamente kk
Nesse caso, use "Demais"
De Saullo Lima a 27 de Abril de 2013 às 15:39
kkkkkkk.. Aprendeu bem esse ai.
De Cesar a 13 de Janeiro de 2013 às 23:09
Não, amigo. Você vai usar DEMAIS a ajuda, e não "de mais". Vai usar em excesso, lembra da dica? rs
De Petit a 17 de Fevereiro de 2013 às 16:30
E já começou usando errado... vc não leu?
Vc vai usar essa ajuda excessivamente, demasiadamente ou seja: DEMAIS! poxa vida tá tão claro!
De Marcello a 1 de Março de 2013 às 03:32
Pô! Lucas Veloso, acho melhor vc utilizar DEMAIS - no sentido excessivo - pois, nesse vai pegar MAL... com "L".
De julio a 2 de Março de 2013 às 01:39
lucas não aprndeu, nesse caso não seria "demais"?
De lola a 23 de Agosto de 2013 às 12:28
entao.... não gosto de abraços :/
De elisa a 22 de Janeiro de 2011 às 23:49
sempre achei o contrario
muitas das vezes ia no feeling ..
e hoje enfim aprendi. =)
De Maicon Fernando a 26 de Março de 2011 às 15:19
Ótima Explicação, me ajudou bastante!
De Andreza a 1 de Julho de 2011 às 06:18
Muito bom, ajudou bastante! Valeu
De Isabelle a 22 de Julho de 2011 às 17:13
Não, gente. Tá errado. 'Demais' é um advérbio, modificando, pois, adjetivos ou verbos: "Maria dorme demais"; "João é bonito demais".
Pode ser, também, pronome indefinido:
"Fale com os demais alunos sobre a prova."
'De mais' é uma locução adjetiva, oposto de 'de menos':
"Não gosto de lugares com gente de mais".
"Como há desempregados de mais, e vagas de menos, há um grande problema aqui."
De aureliox a 28 de Abril de 2014 às 14:45
Essa foi a melhor explicação, obrigado!

Tentar explicar pelo sentido não dá certo, porque ambos indicam algo em grande quantidade.

Então, se eu entendi bem, "demais" sempre vai se referir a verbos e adjetivos, como:
Esse café está doce demais. (DOCE = ADJETIVO)
Hoje eu estudei demais na escola. (ESTUDAR = VERBO)

Enquanto que "de mais" vai se referir a substantivos, como:
Nesse café tem açúcar de mais. (AÇÚCAR = SUBSTANTIVO)
Hoje tem estudantes de mais na escola. (ESTUDANTES = SUBSTANTIVO)

Acho que finalmente entendi! :D


De Driko a 31 de Outubro de 2011 às 15:58
Explicação simples, mas valiosa. Thanks. Eu escrevia errado achando que estava certo, mas agora sei a maneira certa de escrever.
De António a 13 de Novembro de 2011 às 15:23
Uma explicação excelente. Obrigado!
De André a 13 de Janeiro de 2012 às 01:31
Ajudou, também não sabia a diferença, pensava que era "demais" para ambos os casos xD
De Luiz a 5 de Fevereiro de 2012 às 21:34
Caro autor do post,

Gostaria de acrescentar:

- DEMAIS: Junto, conforme o VOLP , é advérbio de intensidade ou pronome indefinido. Assim, pode indicar intensidade, substituir o nome ou ainda, em alguns casos, significar "além disso".

- De mais (separado) é uma locução adjetiva.

Ambos podem indicar "muito, demasiadamente ou
em excesso", por isso, devemos observar a classe gramatical da palavra a que a expressão se refere para a grafia correta .
De Lucas Veloso a 1 de Abril de 2013 às 21:18
É, estou percebendo que eu não entendi foi porra nenhuma desse "de mais" ou "demais".

Penso que, conforme foi o exemplo:
O café tem açúcar de mais para o meu gosto.

Poderia ser utilizado o "demais" também, não? Pois está indicando algo em excesso.

Esse português é muito complicado!

Assim como o "de mais" e "demais", temos também o porque, porquê, por que e por quê!

Ohhh idioma complicado esse! =P

Abraço a todos e quem puder me explicar melhor, vou agradecer.
De Elizabeth a 18 de Julho de 2013 às 20:29
Olá, Lucas!
Não se preocupe, a sua dúvida faz todo o sentido, mas observe as outras explicações já postadas aqui que ajudam, depois é só praticar :)
Quanto aos 'porques', observe:

Por que e por quê são usados para fazer perguntas, a diferença é que o segundo se usa antes de uma pausa. Exemplos:

Por que (motivo) você chegou atrasada? // Você chegou atrasada de novo, posso saber por quê?

Porque junto sem acento vc usa na resposta:
Cheguei atrasada porque as manifestações pararam o trânsito. :D

Porquê é sinônimo de motivo, razão:

Posso saber o porquê do seu atraso?

'Por que' às vezes também pode ser usado no lugar de 'pelo/pela qual': Esta é a rodovia por que passo todos os dias para ir trabalhar.
De Dani a 14 de Agosto de 2013 às 12:29
Bom dia!
Gente, eu li os comentários e tal.
Queria uma resposta objetiva do uso do "demais ou de mais" em uma frase.

O correto é:
Você é de mais.
ou
você é demais.

Grata.
De Anónimo a 16 de Dezembro de 2013 às 01:14
Essa também é a minha dúvida.
Vc é de mais ou demais?
De Gerson a 25 de Fevereiro de 2014 às 20:35
Bem, pelo que já se disse aí, meu caro: Acho mesmo que Eu sou demais! :)

Comentar post

pesquisar

 

tema

"de forma que” ou “de forma a que”

"façamos" e "possamos" (pronúncia de)

à

à bocado ou há bocado; à pouco ou há pou

a cerca de

à falta de/ há falta de

a fim ou afim

a herpes ou o herpes

á ou há

à parte ou aparte

à pouco ou há pouco

a ver ou haver

à vontade ou à-vontade

à/há/a

abreviaturas

abstenção ou abstinência

acerca de

acerto ou asserto

acessibilidade ou acesso

acordo ortográfico

açoreano ou açoriano

adesão ou aderência

adjectivos

adn ou dna

ah

album ou álbum

alcoolemia ou alcoolémia

aldeão (plural de)

aluga-se ou alugam-se

alugar ou arrendar

amaríssimo

analisar ou analizar

andar ou andarem (infinitivo impessoal o

anteontem ou antes de ontem

antes de mais ou antes demais

aonde ou onde

apesar de a ou apesar da

apetência ou aptidão

aprender e apreender

apresentar-se-à ou apresentar-se-á

arrolhar ou arrulhar

ás ou às

assoar ou assuar

atractivo ou atraente

atraem ou atraiem

aula de inglês em natal

bêbado ou bêbedo

bem haja/ bem aja/ bem hajam

benvindo/ bem-vindo

bilião

blogómetro; top 10

boas festas ou boas-festas

bocal ou bucal

bolçar ou bolsar

ç

c

caber ou couber

caem ou caiem

calçar ou vestir luvas

cartuxo ou cartucho

cérbero ou cérebro

cerrar ou serrar

chamar a/ à atenção

cheque ou xeque

círculo ou ciclo vicioso

climático ou climatérico

clínico geral (feminino de)

cobarde ou covarde

côco ou coco

com nós ou connosco

com ou sem "h"

concertar ou consertar

concerteza ou com certeza

concerto ou conserto

concordância com "o número de"

conjugação pronominal

consolado ou consulado

consolar ou consular

convidamo-vos ou convidamos-vos

cor ou côr

corrector ou corretor

costear ou custear

costeleta ou costoleta

cota ou quota

currículo ou curriculum

de que

de repente ou derrepente

decerto/ de certo

decorrer ou decorrimento

defenida ou definida

deferir ou diferir

degradado ou degredado

demais ou de mais

desapercebido ou despercebido

desfolhar ou folhear

desfrutar ou disfrutar

desmentimento ou desmentido

pronomes

tacha ou taxa

ter de ou ter que

todas as tags