google.com, pub-7363809219244122, RESELLER, f08c47fec0942fa0

Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Em Português Correcto

Blog interactivo onde se pretende dar resposta a questões sobre o português falado e/ ou escrito

O que são falsos amigos?

Um falso amigo é o pior dos inimigos, pois contamos-lhes os  nossos segredos, partilhamos intimidades, enfim, “baixamos a guarda”. Porém, como diz o ditado “mantenha os seus amigos por perto e os seus inimigos mais perto ainda”, então, se os falsos amigos são os piores inimigos, esses são os que temos que manter mais perto para que possamos conhecê-los melhor e estar em condição de contra-atacar de modo a frustrar os seus planos quando nos forem apunhalar pelas costas.

Falso amigo é assim o que chamam muitas línguas (espanhol, inglês) ao que designamos por falsos cognatos. São palavras que parecem ser uma coisa em outra língua, mas não o são. Mantenha os falsos cognatos mais próximos de você do que de qualquer outra palavra. Ou seja, conheça-os melhor do que qualquer outra palavra. Fale-os, leia-os, escreva-os e ouça-os mais do que qualquer outra palavra no idioma que deseja aprender. Mas, cuidado, use-os com sabedoria (ou seja, no sentido correto) ou todos esses conselhos de nada valerão e ainda ficará vulnerável à traição. Por isso, há por vezes contaminações dessas palavras relativamente à nossa língua.

São questões que também pode aprender ao frequentar uma aula de inglês em Goiânia ou uma aula de inglês em Natal ou em qualquer outro lugar.

Eis alguns exemplos de falsos amigos:  actually ( na verdade e não atualmente), to pretend (fingir e não pretender), exquisite(requintado e não esquisito)

5 comentários

Comentar post