google.com, pub-7363809219244122, RESELLER, f08c47fec0942fa0

Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Em Português Correcto

Blog interactivo onde se pretende dar resposta a questões sobre o português falado e/ ou escrito

Interviu ou interveio?

“O deputado interviu na discussão.”

 

A forma verbal em itálico é mais um erro frequente dos que por aí andam a deturpar a língua portuguesa. O verbo intervir é formado a partir do verbo vir (inter + vir) e por isso segue a sua conjugação.

 

Veja-se a conjugação do verbo vir no pretérito perfeito:

 

Eu vim

Tu vieste

Ele veio

Nós viemos

Vós viestes

Eles vieram

 

Logo:

 

Eu intervim

Tu intervieste

Ele interveio

Nós interviemos

Vós interviestes

Eles intervieram

 

Assim, devemos dizer:

 

“Eu intervim na reunião.”  em vez de “Eu intervi na reunião.”

“Ele interveio na discussão.” em vez de “Ele interviu na discussão.”

 

 

Portanto, devemos usar como referência o verbo “vir” para conjugar o verbo “intervir”. Por isso, se dizemos “ele tem vindo tarde, não vamos dizer “ele tem intervido pouco”, mas “ele tem intervindo pouco.”

 

Esta regra deve aplicar-se a outros verbos formados pela adição de um prefixo a outro.

 

Assim:

 

Ele viu (ver) o tufão. – Ele previu (prever = pre+ver) o tufão. (e não preveu)

Ele tinha visto. – Ele tinha previsto. (e não prevido)

                         - Ele tinha revisto o texto. (e não revido)

 

 

Resumindo, em português correto devemos dizer:

 

O deputado interveio na discussão.

O aluno tem intervindo pouco na aula.

Ele tinha previsto o desastre.

Ele previu o acontecimento.